sexta-feira, julho 07, 2017

Projeto missionário - departamento de educação

Oferta de primeiro sábado

05 de agosto para
escolas missionárias e projetos  educacionais



“Cada ser humano, criado à imagem de Deus, é dotado de certa faculdade própria do Criador — a individualidade — faculdade esta de pensar e agir. Os homens nos quais se desenvolve esta faculdade são os que arrostam responsabilidades, lideram empreendimentos e influenciam caracteres. É a obra da verdadeira educação desenvolver essa faculdade, educar os jovens para que sejam pensantes e não meramente reproduzir o pensamento de outros. [...] Em vez de educados fracotes, as instituições de ensino poderão produzir homens fortes para pensar e agir, homens que sejam senhores e não escravos das circunstâncias, homens que possuam amplidão de espírito, clareza de pensamento e coragem nas suas convicções.” — Educação, pp. 17 e 18.

O Departamento de Educação tem como propósito apoiar o estabelecimento de tais instituições. Escolas de educação geral e escolas missionárias são mais necessárias do que nunca para a educação de nossos filhos. Há mais de um século, a mensageira do Senhor escreveu:
“Muito mais se pode fazer para salvar e educar os filhos dos que atualmente não podem sair das cidades. Essa é uma questão digna dos nossos melhores esforços. Devem-se estabelecer escolas paroquiais para as crianças que estão nas cidades e, em ligação com essas escolas, devem-se tomar providências para o ensino de estudos mais elevados, onde estes forem exigidos.” — Orientação da criança, p. 306.

“Onde quer que haja alguns observadores do sábado, os pais se devem unir para providenciar um lugar para uma escola em que suas crianças e jovens possam ser instruídos. Empreguem um professor cristão que, como consagrado missionário, eduque as crianças de tal maneira que as oriente a se tornarem missionárias. [...]
“Caso os pais reconheçam a importância desses pequenos centros de educação, cooperando para executar a obra que o Senhor deseja que se faça neste tempo, os planos do inimigo quanto aos nossos filhos serão frustrados.” — Ibidem, p. 307.

Apelamos a vocês neste sábado que contribuam generosamente para apoiar esta obra em todas as nossas igrejas ao redor do mundo.

Seus irmãos do Departamento de Educação da Conferência Geral


Temos diversas escolas missionários pelo mundo. Mas precisamos de muitas escolas mais. Em alguns países da África nossas crianças não podem frequentar uma escola por que há aulas aos sábados. E há vários projetos educacionais à espera de verba para serem realizados. Como vemos as necessidades do departamento de educação são muito grandes. Por isso, vamos incentivar nossas crianças a colaborarem com esse ramo da obra que é tão importante.

Abaixo, colocamos algumas informações importantes e também os projetos de incentivo de oferta. Durante o mês completaremos as informações. Vale à pena conferir essa postagem toda semana.

Escolas missionárias  pelo mundo

Escolas missionárias em tempo integral

1. Angola
2. Brasil
3. Bolívia
4. Uruguai
5. Peru
6. Filipinas
7. Colômbia
8. Congo

Escolas missionárias periódicas

1. Romênia
2. Ucrânia
3. Itália
4. USA
5. Quênia
6. Haiti
7. México
8. Austrália
9. Croácia
10. Republica Dominicana
11. Honduras
12. Equador
13. Indonésia

A

A escola missionária do Brasil, onde atualmente estudam 43 alunos, está localizada em Almirante Tamandaré, Paraná. Seu diretor é o irmão Edson Custódio. 


Nos próximos dias colocaremos mais informações aqui sobre essa escola missionária.


Abaixo, a fotos de escolas missionárias através do mundo:

Alunos da escola missionária em Honduras


Escola missionária no México

Alunos da escola missionária no Haiti


Aula na escola missionária da Itália


Alunos da escola missionária na Ucrânia


Aula na escola missionária na Ucrânia



Sugestões de atividades para o Maternal

Coletor de ofertas
 Encape uma caixa pequena e cole-a em um suporte de papelão ou isopor maior que o tamanho dela. No espaço que sobrar do isopor, faça uma pequena sala de aula. Faça o professor e os alunos  usando roupas sociais. Coloque também um retângulo de papel preto ou verde escuro para ser a lousa e as mesinhas dos alunos. No momento de recolher a oferta,  use esse coletor sobre a mesa, e cante um corinho de oferta enquanto as crianças vêm a frente para colocarem suas ofertas na caixa.
          
Visuais e história
[Montar uma maquete de uma sala de aula bem simples. Com reciclados (rolos vazios de papel higiênico, por exemplo) fazer os bonecos com roupa social: o professor e vários alunos. Fazer alguns alunos a mais para serem usados no primeiro sábado de agosto. Fazer também muitos bonecos menores, para representar as crianças, usando trajes típicos de diversos países. Colocá-los em  um suporte, a certa distância da maquete. Mostrar os bonecos das crianças e dizer:]  Essas crianças nunca ouviram falar da Bíblia, nem de Jesus. [Mostrar os bonecos na maquete da Escola Missionária. Dizer:] Esses são alunos da Escola Missionária. Eles estão estudando a Bíblia para pregarem para essas crianças. Mas eles são poucos. Precisamos de uma escola maior, para virem mais alunos. Vamos juntar nosso dinheirinho para construir novas escolas missionárias e aumentar as que já temos?  [Recolher as ofertas no coletor especial (ver orientação abaixo), cantando “Nossa Oferta” (faixa 8 do CD, Tesouros Infantis). Em seguida, orar agradecendo pela oferta.] [Repetir o procedimento acima por todo o mês de julho. No primeiro sábado de agosto, contar a história e dizer: “Hoje é o dia que vamos juntar nosso dinheirinho para construir novas escolas missionárias e aumentar as que já temos.” Depois de recolher a oferta, colocar tudo dentro de uma sacolinha com alça comprida. Pendurar a sacola em um avião de brinquedo e fazê-lo voar até a maquete da escola. Acrescentar mais móveis e alunos na sala de aula e agradecer às crianças por ajudarem os missionários a se prepararem para falar de Jesus. Em seguida, levar o “missionário” até às crianças da caixa de areia e mostrar que ele está pregando para elas.]




Sugestões de atividades para a classe
Tesouros Infantis

Para o “Cantinho das  Missões”  

· Colocar um mapa mundi na parede ou mural. Pode-se fazer apenas o contorno dos continentes em papel. Colocar acima dele uma faixa com o verso: “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura.” Marcos 16:15.
· Imprimir figuras da página do pastor e das escolas (no final da postagem). Ampliar ou reduzir, se desejar. Pintar, se imprimir as figuras em preto e branco. 
· Recortar as figuras do pastor e colá-las no mapa, sobre os seguintes países: Romênia, Ucrânia, Croácia, Itália, Estados Unidos, México, Honduras, República Dominicana, Haiti, Equador, Quênia, Austrália e Indonésia. As escolas missionárias desses países são periódicas, ou seja, são realizados encontros dos alunos durante 15 dias a cada três ou quatro meses. 
· Recortar as figuras das escolas e fixá-las sobre os seguintes países: Angola, Brasil, Uruguai, Peru, Colômbia, Congo e Filipinas, onde as escolas são fixas.
· Combinar com as crianças um alvo para a oferta do 1º sábado e lembrá-las nos sábados anteriores. Se o alvo for atingido (no dia 05/08), colar adesivos com rostinhos sorridentes nos vários continentes do mapa  e entregar um jogo da memória (página 8) para cada criança.
· No mural, colocar as figuras IR, ORAR E CONTRIBUIR.  Abaixo de ORAR, colocar fotos das escolas missionárias pelo mundo. Acrescentar os nomes dos lugares dos quais não temos fotos. Abaixo de CONTRIBUIR, colocar o alvo de ofertas. 
- Junto com as crianças, escrever uma carta para a escola missionária no Brasil ou para um dos alunos dela.
· Montar uma maquete de uma sala de aula com poucos móveis. Fazer mais móveis e alunos que serão usados no primeiro sábado de agosto. Numa caixa rasa, com areia, ou sobre um suporte de isopor, colocar figuras de crianças de diversas partes do mundo. Em 05 de agosto, após recolher a oferta, acrescente mais móveis à sala e diga que a oferta deles vai ajudar a ter mais escolas e mais alunos. Usar essa maquete junto com os apelos de cada sábado.
· Recolher as ofertas no coletor especial (ver orientações do maternal), cantando “Nossa Oferta” (faixa 8 do CD, Tesouros Infantis).
- Combinar com o dirigente a oferta da escola sabatina seja recolhida pelas crianças e que elas expliquem as necessidades que serão atendidas por essa oferta. Os meninos que recolherem a oferta podem estar de terno de gravata, representando os missionários.


Sábado 8 de julho
[Ler o versículo blíblico e dizer:]  Jesus está nos mandando ir pelo mundo e contar às pessoas sobre a salvação que Ele oferece a todos. É nosso dever, então, pregar o evangelho aos nossos vizinhos, amigos e colegas. [Apontar países distantes no mapa.] Mas quem vai pregar nesses lugares tão longe? Nós não precisamos ir até lá para pregar. Mas podemos ajudar os nossos irmãos dessa região a fazerem isso por nós. [Apontar a Romênia, Croácia, e a Itália] Nesses países temos escolas missionárias que funcionam durante uma parte do  ano. Mas esse continente é muito grande. Precisamos de mais espaço para os alunos nas escolas e de mais escolas em outros países. E isso é muito caro. Precisamos ajudar nossos irmãos de lá.
No sábado 07 de agosto [apontar em um calendário] os irmãos do mundo todo vão mandar suas ofertas para ajudar essas escolas missionárias. Vamos juntar uma boa oferta para ajudar também? Vamos economizar durante esse mês para isso. Enquanto não chega o primeiro sábado de agosto, vamos ajudar os missionários da nossa Associação com as nossas ofertas. [Recolher a oferta do dia.]

Sábado, 15 de julho.
Lembram-se da ordem de Jesus a todos os seus seguidores? Quem pode me dizer? [Dar tempo para que respondam. Apontar ao verso acima do mapa mundi e pedir que todos recitem.] Há três maneiras de obedecer a essa ordem: IR, ORAR e CONTRIBUIR. [Colocar as figuras no mural enquanto menciona as palavras.]  Devemos IR pregar o evangelho, ORAR pelos missionários e CONTRIBUIR com nossas ofertas para sustentar aqueles que vão. Esse mês vamos ajudar as escolas missionárias do mundo todo. Nessas escolas estudam nossos irmãos desejam ser missionários. Como a escola missionária dos Estados Unidos e a de Honduras. [Apontar no mapa.] Esses irmão vão cumprir o IR naqueles países. Nós não falamos inglês ou espanhol para irmos pregar lá. Mas podemos orar por esses irmãos e contribuir com nossas ofertas para ajuda-los a pregar a mensagem de Deus lá. [Apontar o calendário.] No sábado 7 de agosto recolheremos uma oferta especial para ajudar nossos irmãos que estudam nas escolas missionárias do mundo todo. Agora recolheremos a oferta para ajudar nossa Associação.

Sábado, 22de julho.
Vejam a América do Sul. [Apontar no mapa.] Aqui temos quatro escolas missionárias [apontar no mapa]: Brasil, Peru, Bolívia e Colômbia. São escolas onde os alunos e alunas estudam durante dois anos e depois vão para as diversas partes para pregar o evangelho. Alguns missionários do Brasil já foram chamados para trabalhar em várias partes do mundo pregando o evangelho. Quem sabe um de vocês pode  ser aluno da nossa escola missionária? Ela fica em Almirante Tamandaré, no Paraná e atualmente tem 43 alunos. Seu diretor se chama Edson Custódio e cuida desses alunos com muito carinho, juntamente com sua esposa, a irmã Marta.
Agora vejam a África. [Apontar no mapa.] Aqui há milhões de pessoas que não sabem nada sobre Jesus. Graças a Deus temos uma escola na Angola e outra em Congo. Mas isso ainda é bem pouco.  Milhões que praticam a feitiçaria e a magia. Milhões que que nunca ouviram falar do perdão que Jesus oferece de graça. Se morrerem como estão, ficarão perdidas para sempre. Por isso foi criada uma escola missionária na Angola e outra no Congo. Mas precisamos de mais escolas para os missionários e também escolas para as crianças estudarem. Precisamos orar pelos nossos missionários, mas precisamos ajudá-los também. Sábado que vem é o dia em que recolheremos uma oferta para ajudá-los. Não esqueçam de trazer o máximo que você puder.
Enquanto isso, agora vamos entregar nossa oferta para os missionários daqui.

Sábado, 05 de agosto.
Vejam a Ásia. [Apontar no mapa.] Aqui mora a maior parte das pessoas do mundo. É muita gente. A maioria adora deuses falsos e não sabem nada sobre Jesus. Em outros lugares quem prega o evangelho é muito perseguido. Mas temos irmãos muito corajosos, dispostos a ir e falar de Jesus, custe o que custar. Alguns desses irmãos e irmãos vão para a nossa escola missionária nas Filipinas. [Apontar no mapa.] Outros vão para a Austrália.
Agora, prestem atenção. Vejam o tamanho do nosso mundo e vejam quantas escolas missionárias temos. São poucas, não é mesmo? Também temos bem poucas escolas para nossas crianças estudarem. Precisamos de mais escolas. Hoje é o dia em que vamos entregar nossa oferta para as escolas do mundo todo. Com certeza Deus abençoará esta oferta e assim teremos muitas outras escolas missionárias. [Recolher a oferta e contá-la para ver se o alvo foi atingido. Se foi, colar vários rostinhos sorridentes nos vários continentes. Se não, agradecer  a oferta assim mesmo e incentive-los a melhorar mais. ]

Sugestões para a classe
Pequeno Pesquisador

Para o “Cantinho das  Missões”  

· Colocar um mapa mundi na parede ou mural e, acima dele, dele uma faixa com o verso: “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura.” Marcos 16:15.
· Imprimir figuras da página do pastor e das escolas (no final da postagem). Ampliar ou reduzir, se desejar. Pintar, se imprimir as figuras em preto e branco.
· Recortar as figuras do pastor e colá-las no mapa, sobre os seguintes países: Romênia, Ucrânia, Croácia, Italia, Estados Unidos, México, Honduras, República Dominicana, Haiti, Equador, Quênia, Austrália e Indonésia. As escolas missionárias desses países são periódicas, ou seja, são realizados encontros dos alunos durante 15 dias a cada três ou quatro meses. 
· Recortar as figuras das escolas e fixá-las sobre os seguintes países: Angola, Brasil, Uruguai, Peru, Colômbia, Congo e Filipinas, onde as escolas são fixas.
· Se desejar, cole figuras de crianças em trajes típicos de alguns países do mundo, representando as pessoas que precisam ouvir a Palavra de Deus.
- No mural, colocar as figuras IR, ORAR E CONTRIBUIR.  Abaixo de ORAR, colocar fotos das escolas missionárias pelo mundo. Acrescentar os nomes dos lugares dos quais não temos fotos. Abaixo de CONTRIBUIR, colocar o alvo de ofertas. 
- Junto com as crianças, escrever uma carta para a escola missionária no Brasil ou para um dos alunos dela.
· Combinar com os alunos  um alvo para a oferta do 1º sábado e lembrá-los nos próximos sábados.. Se o alvo for atingido (no dia 05/08), colar adesivos com rostinhos sorridentes nos vários continentes do mapa  e entregar um jogo da memória (página 8) para cada um.
· Encape uma caixa pequena de papelão. Imprima os mapas dos continentes. Recorte e cole os mapas ao redor da caixa, por fora. Em uma tira de papel, escreva o verso “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura.” Marcos 16: 15.
- Combinar com o dirigente a oferta da escola sabatina seja recolhida pelas crianças e que elas expliquem as necessidades que serão atendidas por essa oferta. Os meninos que recolherem a oferta podem estar de terno de gravata, representando os missionários.

Sábado 8 de julho
[Mostrar a Romênia e a Ucrânia no mapa. Dizer:]   Jesus quer que todas as pessoas tenham oportunidade para se arrepender de seus pecados e aceitá-lo como Salvador. Mas como elas farão isso se não forem avisadas? Alguém precisa falar para elas do amor de Deus. Por isso, antes de ir para o Céu, Jesus ordenou a seus discípulos que fossem pelo mundo todo (apontar o mapa)  e pregassem o evangelho. Isso está escrito na Bíblia em Marcos 16:15. [Ler o verso na Bíblia.] Todos as pessoas que aceitam a Jesus como Salvador recebem a responsabilidade de avisar a quem ainda não O conhece. Isso quer dizer que nós também temos esse dever. Precisamos fazer nosso trabalho. Mas... Eu não moro na Europa. Como posso pregar o evangelho lá? Alguém tem alguma ideia? Na verdade eu não tenho como ir à Europa, mas eu posso ajudar um irmão de lá a pregar o evangelho naquele lugar. Sabem como? Lá na Romênia, algumas vezes por ano, os jovens da igreja que desejam ser missionários  se reúnem e um pastor vai até lá para ensiná-los a pregar o evangelho. Durante quinze dias eles ficam estudando. Depois, ficam quatro meses trabalhando para conseguir se sustentar e voltam a se reunir mais quinze dias. Quando eles já aprenderam bem a Bíblia, eles vão pregar o evangelho em outras cidades e países. A mesma coisa acontece na Ucrânia e outros lugares. [Apontar o mapa da Ucrânia.] Mas existe um problema. Eles precisam de nossa ajuda. Os pastores que vão até lá para ensiná-los têm muitas despesas com a viagem. E durante os dias de aula, as despesas com alimentação e material de estudo são muito altas também. Eles precisam e nossa ajuda!
No sábado 07 de agosto [apontar em um calendário] os irmãos do mundo todo vão mandar uma boa oferta para ajudar essas escolas missionárias. Nós também podemos fazer a nossa parte, economizando bastante para ter uma boa quantidade para enviar para eles.  Não vamos nos esquecer disso. Enquanto não chega o primeiro sábado de agosto, vamos ajudar os missionários da nossa Associação com as nossas ofertas. [Recolher a oferta do dia.]

Sábado, 15 de julho
Lembram-se da ordem de Jesus a todos os seus seguidores? Quem pode me dizer? [Dar tempo para que respondam. Apontar ao verso acima do mapa mundi e pedir que todos recitem.] Essa é uma ordem que nós podemos obedecer de três formas: INDO, ORANDO e CONTRIBUINDO. [Colocar as figuras no mural enquanto menciona as palavras.]  Precisamos IR em busca das pessoas que ainda não conhecem Jesus e falar-lhes de seu amor. Precisamos ORAR pelos missionários que trabalham pregando o evangelho e precisamos CONTRIBUIR com nossas ofertas para sustentar aqueles que vão. Esse mês vamos ajudar as escolas missionárias do mundo todo. Nessas escolas estudam nossos irmão que desejam trabalhar o tempo todo para Deus, pregando o evangelho. Como a escola missionária dos Estados Unidos e a de Honduras. [Apontar no mapa.] Os alunos de lá se reúnem a cada três ou quatro meses, durante quinze dias, para estudar a Bíblia e aprender como falar de Jesus. Muitos deles, deixam suas casas, seus empregos para ir até lá. Isso causa muitos transtornos financeiros para eles. Eles precisam de nossa ajuda.
Sabem, eu não sei falar inglês, nem posso viajar aos países que falam inglês para anunciar o evangelho. Mas esses irmãos podem. A América Central tem muitos habitantes [apontar no mapa]. A maioria ainda não conhece a mensagem de Deus. Então, precisamos ajudar os alunos das escolas missionárias para que terminem seus estudos logo e assim possam trabalhar avisando a América do Norte e a América Central sobre a breve volta de Jesus.
[Apontar o calendário.] No sábado 7 de agosto recolheremos uma oferta especial para ajudar nossos irmãos que estudam nas escolas missionárias do mundo todo. Agora recolheremos a oferta para ajudar nossa Associação.

Sábado, 22de julho.
Vejam a América do Sul. [Apontar no mapa.] Aqui moram milhões de pessoas em muitos países. Muitos habitam em grandes cidades e também há muitos povos indígenas. A grande maioria não conhece a Palavra de Deus, nem os Dez mandamentos, como estão na Bíblia. Adoram estátuas sem vida e fazem orações a elas. Há tanta gente que não sabe sobre o verdadeiro Deus. Para avisá-las precisamos mandar missionários. Aqui na América do Sul temos quatro escolas missionárias [apontar no mapa]: Brasil, Peru, Bolívia e Colômbia. São escolas onde os alunos e alunas estudam durante dois anos e depois vão para as diversas partes para pregar o evangelho. Alguns missionários do Brasil já foram chamados para trabalhar em várias partes do mundo pregando o evangelho. Quem sabe um de vocês pode  ser aluno da nossa escola missionária? [Dar algumas informações sobre a escola missionária: 43 alunos; localizada em Almirante Tamandaré (próximo a Curitiba); o irmão Edson Custódio é o nome do diretor.]
Agora vejam a África. [Apontar no mapa.] São milhões de pessoas aqui, perdidas, sem conhecerem a Jesus. Milhões que praticam a feitiçaria e a magia. Milhões que que nunca ouviram falar do perdão que Jesus oferece de graça. Se morrerem como estão, ficarão perdidas para sempre. Por isso foi criada uma escola missionária na Angola e outra no Congo, para formar missionários que preguem no continente africano.
Mas todas essas escolas precisam de nossa ajuda. As despesas são muito grandes e os recursos são poucos. Precisamos orar pelos nossos missionários, mas precisamos ajudá-los também. Sábado que vem é o dia em que recolheremos uma oferta para ajudá-los. Não esqueçam de trazer o máximo que você puder.
Enquanto isso, agora vamos entregar nossa oferta para os missionários daqui.

Sábado, 05 de agosto.
Vejam a Ásia. [Apontar no mapa.] Aqui mora a maior parte das pessoas do mundo. É muita gente. A maioria adora deuses falsos e não sabem nada sobre Jesus. Na Índia, por exemplo, eles adoram milhares de deuses: a vaca, o rato, a cobra, o macaco e até um rio é dues para eles. Na China e na Coréia do Norte as pessoas são proibidas de ler a Bíblia e de falar de Jesus. Os poucos crentes de lá são muito perseguidos. É preciso ser muito corajoso para ser missionário lá. Mas temos irmãos muito corajosos, dispostos a ir e falar de Jesus, custe o que custar. Alguns desses irmãos e irmãos vão para a nossa escola missionária nas Filipinas. [Apontar no mapa.] Lá eles aprendem tudo que precisam para terem sucesso na pregação do evangelho. Eles são muito dispostos.
Agora, prestem atenção. Vejam o tamanho do nosso mundo e vejam quantas escolas missionárias temos. São poucas, não é mesmo? Precisamos de mais escolas para que mais alunos possam se tornar missionários e avisar o mundo o mais depressa possível. Você e eu também precisamos pregar. Assim estamos apressando a volta de Jesus.
Hoje é o dia em que vamos entregar nossa oferta para as escolas do mundo todo. Com certeza Deus abençoará esta oferta e assim teremos muitas outras escolas missionárias. [Recolher a oferta e contá-la para ver se o alvo foi atingido. Se foi, colar vários rostinhos sorridentes nos vários continents. Se não, agradecer  a oferta assim mesmo e incentive-los a melhorar mais. ]































sexta-feira, junho 09, 2017

TI V2N3 - ÍNDICE

Queremos que você encontre o conteúdo do trimestre facilmente.
Para isso, basta clicar nos links abaixo.

TI V2N3 - Prefácio

Prefácio
             
              A partir desse trimestre começaremos a estudar o Novo Testamento, que se prolongará para o ano que vem também. São lindas lições nas quais nossas crianças aprenderão a amar e imitar o querido Salvador. E as cinco primeiras tratam do nascimento de Jesus e de Sua infância. Por isso, nossas sugestões para o incentivo de presença e de memorização de versos (páginas 9 e 10) estão voltadas para esse tema. Como sempre, temos uma opção com mais detalhes, que exige mais esforço e habilidade, e uma mais simples, porém, igualmente bonita. Um outro incentivo que propomos é o de oração, para iniciar nossas crianças no hábito de interceder por outros. Para despertar o interesse das crianças pela aula, antes mesmo de entrar na sala, temos apresentamos um belo identificador de porta. Todos esses recursos visuais foram sugeridos pela irmã Meyrillene, de Fortaleza, a quem expressamos nossa sincera gratidão. 

As crianças com certeza vão se emocionar com os detalhes do nascimento de Jesus. Mas também gostarão de ouvir do Seu batismo, da vitória no deserto e de seus milagres. Um deles, a transformação da água em vinho, com certeza as deixarão impressionadas. Elas também se divertirão muito com a pesca milagrosa. Para todas elas, oferecemos várias opções de cenários, recursos visuais e estratégias de ensino, algumas simples e outras mais sofisticadas. Fique à vontade para desenvolver esses e outros recursos de acordo com sua criatividade, tempo e orçamento.
Buscando um conteúdo mais abrangente, nos baseamos no texto da lição Tesouros Infantis, volume 2, número 3, de 2008 (a versão antiga), com algumas modificações. Mas algumas histórias são bastante longas. Se sua classe conta com mais crianças de quatro a seis anos, vale à pena suprimir alguns detalhes.

Dentre as estratégias sugeridas aqui, chamamos a atenção para o verso para memorizar. Nas lições 10 e 13, oferecemos uma opção diferente do verso, que se encaixa melhor com a aplicação da lição proposta neste manual. Você, professor(a), deve escolher se vai ensinar o verso da lição ou o proposto pelo manual. Se escolher o verso proposto pelo manual, combine isso com os pais e envie com antecedência qual as crianças devem memorizar durante a semana. Para facilitar, preparamos cartões com os versos. Alguns versos apresentam alguma diferença de versão da Bíblia, mas são os mesmos versos da lição. Por isso, não há problema o aluno aprendê-los com essas variações. E, para facilitar seu trabalho, oferecemos também algumas perguntas para serem usadas na atividade de revisão.
Para valorizar a lição, todos os sábados um ajudante deve ficar à porta recepcionando as crianças e recolhendo suas lições. Enquanto as crianças participam das atividades do dia, esse ajudante deve verificar se as atividades foram feitas em casa e colar um adesivo ou usar um carimbo pedagógico ou, até mesmo,  dar um “visto” para mostrar que a lição foi corrigida. Pode-se oferecer um brinde no final do trimestre para quem tiver todas as lições completadas.

 Em qualquer necessidade, o professor pode também procurar ajuda no departamento infantil de sua associação, que está preparado para prestar o apoio necessário, bem como os das Uniões Norte e Sul.
Que Jesus e Seus anjos estejam com você em seu lindo trabalho pelas crianças.


TI V2N3 - VERSOS PARA MEMORIZAR


Imprimir uma cópia para cada criança.




TI V2N3 - INCENTIVOS E IDENTIFICADOR DE PORTA

Incentivos do trimestre:
de presença, de oração e  de memorização dos versos

               As primeiras histórias desse trimestre estão relacionadas ao nascimento de Jesus e esse será o tema do nosso identificador de porta, dos nossos incentivos de presença e de memorização do verso, que estão apresentados em duas versões: uma mais sofisticada e outra mais simples. Os moldes estão nas páginas seguintes.

Identificador de porta: Esse lindo identificador vai atrair as crianças para a sala de aula. Feito em EVA, traz alguns dos elementos do incentivo de presença, juntamente com nome da classe.


Incentivo de presença 1: Em uma parede fazer um mural para os incentivos, colocando uma faixa com o título da lição, “Deus conosco”. Faça uma cenário como o da foto abaixo para cada criança (escreva seus nomes na faixinha branca). No primeiro sábado, abaixo do tema do trimestre, coloque apenas os círculos com os nomes das crianças. A cada sábado, ao chegarem, as crianças dizem o verso para memorizar e fixam uma peça no cenário. No último sábado do trimestre, elas levarão seu cenário para casa. Incentive-as a não faltarem para que seus cenários estejam completos.







Incentivo de presença 2: Usando o mesmo título “Deus conosco”, troque os cenários por uma estrelas decoradas com a figura de um bebê na manjedoura e uma fita com números de 1 a 13.  Faça uma estrela para cada criança e escreva o nome delas com letras bem bonitas. Todos os sábados, ao chegar, a criança fala o verso para memorizar e fixa uma estrela no número correspondente da fita. Esse visual pode ser feito em EVA (mais durável) ou em papel.

Dica:  Para as faltas justificadas, a criança pode recuperar o “sim” trazendo um visitante, por exemplo.





Incentivo de oração:  Esse coração tem um prendedor coberto com EVA e a figura da ovelha. As crianças ganham um no primeiro sábado do trimestre e leva para casa. Atrás dele pode-se colocar um imã, para ser guardado na geladeira, ou um suporte para ser pendurado. O importante é que ele seja visto frequentemente. A cada sábado as crianças recebem um cartãozinho como o nome da criança por quem vão orar durante a semana.



Cantinho do aniversariante





Recipiente para oferta de gratidão:



Recipiente para lembrancinha e caixinha com atividades para os minutos de espera.







Que bom que você veio!

Volte Sempre!