sexta-feira, abril 02, 2010

Tesouros Infantis, 2º Trimestre - Lição 2

Uma Oferta
Por Amor a Jesus




Ao final da lição a criança deverá:
SABER que para Deus não importa o quanto damos, mas porquê damos.
SENTIR alegria em trazer sua oferta e em praticar atos de amor.
RESPONDER separando sua oferta para trazer à igreja e praticando atos de amor.

PENSAMENTO CENTRAL: É UMA ALEGRIA TRAZER OFERTAS PARA JESUS.
VERSO PARA MEMORIZAR: “ Deus ama ao que dá com alegria ”. 2 Co 9:7.
LEITURA AUXILIAR: Mc.12:38-44; O Desejado de Todas as Nações, 614-616.

RECURSOS NECESSÁRIOS: Memorizando: nota de dinheiro ou moeda, cesta de ofertas; Conquistando a Atenção: Opção A - latas ou tampas de panela, dois pauzinhos; Opção B - moedas; Lição: caixa ou lata preparada como um cofre, saquinhos com moedas, moedas, cachecol ou toalha, rosto bom/ rosto mau, coração limpo/coração sujo; Revisando: figura do sol; Aplicando: caixa ou sacola grande, figuras do pai, mãe e irmãos, objetos e/ou gravuras sugeridos; Contando aos Outros: cópias a baixo para cada criança.











COMO PREPARAR OS RECURSOS NECESSÁRIOS:


Lição:
Rosto bom/mau, coração limpo/sujo: Copiar e recortar as figuras da página 79 ou sugestão abaixo. Colar uma contra a outra, com um palito de churrasco no meio.Girar para mostrar o lado desejado. Em cartolina, fazer um coração escuro e um branco. Uni-los como mostra as figuras.






Cofre de ofertas: Usar uma caixa de madeira grande o suficiente para caber todas as moedas que forem necessárias. Encapá-la com papel laminado para imitar metal ou papel pardo para imitar madeira (neste caso, desenhar os veios da madeira). Podes-e usar também uma lata ou outro material que produza barulho quando as moedas forem jogadas dentro.

Revisando (caixinha de ofertas): Colar uma figura de sol (pode ser um círculo amarelo) em uma caixinha ou cesta de recolher ofertas. Letra do cântico sugerido: “Quem dá com alegria como o sol brilhará, como sol brilhará, como o sol brilhará. Quem dá com alegria como o sol brilhará e Deus o recompensará.” Se não souber esse cântico use outro e dispense a figura do sol na cesta.


Aplicando (família): Recortar, de revistas ou livros, uma figura de um pai (homem de terno), uma mãe e uma criança. Colar tudo em cartolina, deixando um espaço entre as figuras. Colocar os objetos sugeridos diante delas. Pode-se usar também figuras de flanelógrafos.

Contando aos Outros (cartão): Colocar uma moeda embaixo da parte escrita do cartão (sugestão a baixo ou página 80). Passar giz de cera ou grafite do lado em branco, para fazer a moeda. A criança deve fazer a boa ação e entregar o cartão, mostrando o lado da moeda. Depois, virá-lo para que a pessoa leia o recado.








MEMORIZANDO (até 10 minutos):
Mostrar uma nota ou uma moeda e dizer: Há pessoas que pegam o dinheiro da oferta e ficam pensando: “Esse dinheiro é meu! Eu gostaria mesmo é de comprar uma coisa para mim ao invés de entregá-lo como oferta. Que pena que eu tenho que dar esse dinheiro!” Aí colocam o oferta na sacolinha com tristeza... Fazer expressão de descontentamento e colocar o dinheiro na cesta de oferta. Outras pessoas, quando o diácono chega com a sacola, ficam com vergonha de não darem nada e se sentem forçadas a dar. Fazer novamente expressão de descontentamento e colocar outra nota ou moeda na cesta de oferta.Vocês acham que Deus fica contente com essas ofertas? Claro que não. Sabem o que a Bíblia diz sobre isso? Ler o verso completo na Bíblia, na mesma versão que será ensinada. Explicar: O apóstolo Paulo aconselha que cada um deve pensar direitinho em quanto dinheiro tem e quanto vai dar para o Senhor. Mas Ele disse que não devemos fazer isso com tristeza, forçados, mas com alegria e gratidão. Vamos aprender esse verso? Repetir o verso três vezes com todos, depois, dar uma moedinha de brinquedo ou de verdade para cada criança. Chamar uma criança para ir à frente e colocar a moedinha na cesta de oferta, com um grande sorriso no rosto, enquanto as outras repetem o verso e a referência. Chamar outra criança e continuar até que todas tenham participado. No final dizer: É UMA ALEGRIA TRAZER OFERTAS PARA JESUS. Falem comigo.

CONQUISTANDO A ATENÇÃO (até 10 minutos).
Opção A: Conversar distraidamente com as crianças e, subitamente, bater duas tampas de panela ou duas latas para fazer barulho (cuidado para não assustar as muito pequenas). Depois bater levemente dois pauzinhos. Perguntar: Qual barulho vocês perceberam melhor? Qual barulho quase não foi notado? O que acontece quando ouvimos um barulho forte? Olhamos para o lugar do barulho automaticamente. Quando alguém quer chamar a atenção das pessoas ela deve fazer um barulho forte ou um som bem fraquinho? E se você vai fazer alguma coisa que não quer que ninguém perceba, procura fazer barulho ou ser bem silencioso? Em nossa lição de hoje falaremos de pessoas que queriam ser notadas e de uma pessoa que queria passar despercebida.

Opção B: Mostrar várias moedas em uma mão e duas moedas em outra. Perguntar: Qual das minhas mãos tem mais dinheiro? Qual tem menos? Qual mão está mais rica? Então qual é a mais importante? Será que em alguma ocasião a mão que tem menos dinheiro pode ser mais importante que a que tem mais dinheiro? Em nossa lição de hoje vamos ver que às vezes é assim.

ESTUDO DA LIÇÃO
(até 25 minutos, incluindo apresentação da lição, revisão, aplicação e contando aos outros):

APRESENTANDO A LIÇÃO:
Colocar a caixa de ofertas sobre a mesa. Dizer: Vocês podem imaginar qual terá sido o maior quantidade de dinheiro que alguém já colocou numa sacola de ofertas? Tem que ser muito, mas muito dinheiro mesmo, não é. Será que uma simples viúva pobre poderia entregar uma oferta tão grande assim? Abrir a Bíblia na passagem. Dizer: Ouçam o que a Bíblia conta:
Quando morre o marido, dizemos que sua esposa ficou viúva. Em Israel havia muitas viúvas. Geralmente as viúvas eram muito pobres porque tinham muitos filhos para cuidar e não podiam trabalhar. Muitas delas amavam a Deus e queriam ajudar o templo. Os sacerdotes e fariseus então diziam-lhes que elas deveriam doar suas casas e todo o dinheiro que tinham para o serviço do templo. Mostrar um saquinho com dinheiro. E elas faziam isso porque pensavam que estavam fazendo para Deus. Mas estavam enganadas. Eles eram maus (mostrar o rosto mau) e queriam ficar cada vez mais ricos, mesmo que para isso precisassem mentir ou roubar. Eles pegavam todo o dinheiro que elas davam e, ao invés de colocarem na caixa de ofertas, guardavam tudo no próprio bolso para comprarem coisas para eles (colocar o saquinho no bolso ou na bolsa). Sabem como eles faziam para disfarçar a maldade do coração deles? Quando estavam caminhando pela rua (dar alguns passos) eles se ajoelhavam ou levantavam os braços (fazer uma dessas duas coisas) e faziam longas e barulhentas orações para que todos vissem isso e pensassem que eram bonzinhos obedientes a Deus (falar algumas palavras em voz alta, como se estive orando). Só que eles eram uns fingidos. Faziam um rosto assim. Mostrar o rosto bom. Mas na verdade eram assim. Mostrar o rosto mau. Por fora pareciam muito santos, com o coração bem limpo (mostrar o coração limpo). Mas o coração e a vida deles estavam cheios de pecado (mostrar o coração sujo).
Jesus, sabendo de tudo isso, avisou àqueles homens que eles deveriam mudar seu comportamento. Eles precisavam sentir tristeza por terem feito tantas coisas más e pedir perdão a Deus antes que fosse tarde demais. Os sacerdotes e fariseus não gostaram nada de serem repreendidos (mostrar o rosto mau e balançá-lo para dizer não) e ficaram pensando numa maneira de se livrarem de Jesus .
Afastar-se da caixa de ofertas para contar esta parte da história. Quando Jesus esteve no templo de Jerusalém pela última vez encontrou alguns dos sacerdotes e fariseus que não gostavam dEle. O Filho de Deus aproximou-se então do lugar onde estava a caixa de ofertas e ficou observando como as pessoas entregavam suas doações. Aproximar-se um pouco da caixa de ofertas. De toda parte vinham pessoas para colocar suas ofertas ali. Os ricos traziam sacolas cheias de dinheiro e colocavam tudo ali fazendo bastante barulho, para que todos ficassem admirados pela oferta. Enquanto eu coloco a oferta da maneira como eles faziam vocês devem fazer um rosto admirado e dizer: “Óóóóóó”. Derramar um saquinho de moedas dentro da caixa de oferta, vagarosamente para fazer bastante barulho.Quanto terminar vire-se para as crianças e faça como quem está orgulhoso do que fez. Jesus olhava triste para quem agia assim porque sabia que tinham primeiro comprado casas lindas, roupas novas e caras, cavalos e terras. O dinheiro das ofertas estava sobrando e não faria falta alguma para eles. Eles não davam com alegria, mas apenas para exibir-se.
Enquanto os homens ricos e as mulheres bem vestidas vinham e se mostravam com suas ofertas, uma pobre viúva foi se aproximando. Colocar uma toalha ou cachecol sobre a cabeça ou combinar para que uma irmã faça isso. Ela viu os ricos dando todo aquele dinheiro e quase voltou para trás. Fazer menção de voltar. Mas ela queria tanto dar sua contribuição para o templo! Ela olhou o dinheiro em sua mão. Abrir a mão e olhar para o dinheiro.Era tão pouco em comparação com as ofertas dos ricos, mas era tudo que ela possuía. Colocar a mão no rosto, como pensando em algo.Apesar de não ter dinheiro guardado para comprar alimento para ela e seus filhos, nem para comprar roupas ou pagar o aluguel da sua casa, ela amava muito a Deus e estava certa de que Deus cuidaria dela e de seus filhos se ela desse primeiro para Ele sua melhor oferta. Então, andando bem devagarzinho (aproximar-se vagarosamente da caixa e depositar as moedinhas) ela veio e colocou alegremente duas moedinhas que valiam bem pouquinho. Depois, ela tentou sair rapidamente, para que ninguém a visse.
Mas uma pessoa notou aquela bondosa mulher. Sabem quem? Jesus. Ele percebeu todo o amor que aquela viúva colocou junto com sua oferta e ficou muito feliz. Olhou com bondade para ela e falou alto, para que os discípulos e outras pessoas escutassem (falar em voz alta): “Eu digo a vocês que esta pobre viúva deu mais do que todas as outras pessoas. Os outros deram o que lhes sobrava, mas ela deu tudo que tinha”.
Aquela mulher generosa viu que Jesus entendia seu coração e seu desejo de colaborar com a causa de Deus. Ela ficou tão feliz com isso que até derramou umas lágrimas de alegria. Limpar o rosto, como se estivesse secando lágrimas.
Com o passar dos anos, milhares de pessoas que ouviram essa linda história sentiram desejo de ter um coração generoso como o daquela mulher. Eles pensavam: “Se ela deu tudo que tinha, então eu também posso dar tudo que é meu para Jesus”. Assim, pelo bom exemplo da viúva, milhares de mamães, papais, meninos e meninas de todo o mundo deram alegremente suas ofertas para Jesus. Se somarmos todas as doações que foram feitas por causa daquelas moedinhas, então teremos um valor muito alto. Por isso, aquela foi a maior oferta que alguém já colocou dentro de uma caixa de ofertas. Você também pode trazer uma oferta tão boa quanto a daquela viúva pobre. É só sempre lembrar que É UMA ALEGRIA TRAZER OFERTAS PARA JESUS. Falem comigo.

B. REVISANDO:
Fazer um círculo com as crianças e passar a figura do sol de mão em mão, enquanto canta a música “Quem dá com alegria” (ver pág. 20 ). Quem estiver com a caixinha quando a música for interrompida deve responder a uma pergunta. Continuar até que a lição tenha sido revisada (não é necessário fazer todas as perguntas, mas é importante que os pontos principais sejam revisados).No final dizer. É UMA ALEGRIA TRAZER OFERTAS PARA JESUS. Falem comigo.

C. APLICANDO:
Com antecedência preparar uma caixa com os objetos ou gravuras sugeridos abaixo. Colocar em uma mesa as figuras do pai, da mãe e dos irmãos. Chamar uma criança para tirar um objeto da caixa e pedir para que ela diga como isso pode ser uma oferta e para quem. Por exemplo, se a criança tirar um pano de prato ela pode dizer que pode secar a louça para mamãe. Então ela deverá colocar o pano em frente à figura da mamãe. Se tirar uma escova de sapato, ela diz que pode tirar o pó dos sapatos do papai e a coloca em frente à figura do papai. Se tirar um brinquedo, diz que pode emprestá-lo para o irmão (quem não tiver irmãos deve falar dos amiguinhos) e coloca-o em frente à figura do irmão. Dizer: Nem sempre podemos dar dinheiro como oferta para Jesus. Mas existem outras ofertas que Jesus aceita e que não dependem de dinheiro. É só fazer tudo com alegria. Vamos falar de algumas boas ações, que vocês podem fazer, que trarão muita alegria para sua família e também para Jesus.
Ajudar as crianças, se necessário, fazendo perguntas do tipo: “Para que serve esse saco? Levar o lixo é uma oferta para quem?”
Sugestões de objetos e usos (escolher esses ou outros, que se adaptem melhor às necessidades das crianças de sua sala):
Pano de prato – secar a louça para a mamãe.
Escova de sapato – limpar o sapato do papai.
Brinquedo – emprestá-lo para os irmãos ou amigos.
Saco de lixo – levar o lixo para a mamãe.
Chinelo – trazer um chinelo para o papai, quando chega do trabalho.
Pacote de biscoito ou outro alimento – dividir com os irmãos ou amigos.
Talher – arrumar a mesa para a mamãe.
Copo – levar um copo com água para o papai.
Lápis, caneta ou caderno – ajudar o irmão a fazer a lição.
Gravura de uma cama arrumada – arrumar sua cama ou a de seus irmãos.
Dizer: Todas essas ações, se forem feitas com alegria são como se fossem ofertas para sua família. E elas valem mais que milhares de reais. Quem mais fica contente com essas ofertas? Jesus, é claro. Ele recebe as ofertas que vocês dão para sua família como se fosse para Ele. Realmente é muito bom fazer isso porque É UMA ALEGRIA TRAZER OFERTAS PARA JESUS. Falem comigo.

D. CONTANDO AOS OUTROS:
Entregar a cada criança uma ou mais cópias do cartão da página 80. Deixar que elas pintem e escrevam seus nomes. As crianças não alfabetizadas poderão carimbar o dedinho e o(a) professor(a) escreve seu nome. Enquanto trabalham, dizer: Além da oferta em dinheiro, na igreja, vocês podem dar ofertas muito preciosas para sua família. Durante esse semana, façam uma gentileza para seus familiares e depois entreguem essa moeda para eles. Aproveite para contar a história da viúva pobre e sua oferta, maior que a dos os ricos, e de como Jesus ficou contente com sua bondade. Explique também que as boas ações são como ofertas que você quer dar para sua família e Jesus. Lembrem-se sempre que É UMA ALEGRIA TRAZER OFERTAS PARA JESUS. Falem comigo









Nenhum comentário:

Que bom que você veio!

Volte Sempre!